quarta-feira, 7 de abril de 2010

Santa Cruz: «Cardozo é um fenómeno»


Se há alguém que pode, com legitimidade, dar conselhos a Cardozo em relação ao encontro de amanhã em Anfield é Roque Santa Cruz. O avançado do Manchester City está a cumprir a terceira temporada em Inglaterra e conhece bem o avançado benfiquista, de 26 anos, com quem joga regularmente na seleção do Paraguai. Aliás, devido ao afastamento de Cabañas - que está a recuperar depois de ter sido baleado num bar na Cidade do México - vai mesmo fazer dupla atacante com o amigo "Oscar" no Mundial, segundo já garantiu o selecionador Gerardo Martino.

"O Cardozo é um fenómeno, está a jogar muito bem. Vi o jogo do Benfica contra o Everton esta temporada, para a fase de grupos, e ele também marcou", recorda Roque Santa Cruz, referindo-se à vitória encarnada (2-0) em Goodison Park, a 5 de novembro de 2009, numa partida para a fase de grupos da Liga Europa. Em conversa com Record, o internacional paraguaio frisa que "o Oscar conhece um pouco o futebol inglês" e isso "poderá facilitar-lhe a vida em Liverpool". Além do mais, Tacuara não joga sozinho.

"O Benfica tem uma força ofensiva muito grande. Sei que o Saviola não vai jogar, mas o ataque do Benfica é muito bom, com o Di María, o Aimar mais atrás e o Oscar na frente", refere.

Irregular

E se é certo que "ofensivamente o Benfica tem estado muito bem nesta época", também é certo para o avançado do Manchester City que, em Anfield, as águias vão "encontrar um Liverpool muito duro e que, a jogar em casa, não será um adversário fácil".

De qualquer forma, Santa Cruz acredita que a formação de Jesus pode carimbar a passagem às meias-finais da Liga Europa: "Acredito que sim. Esta tem sido uma temporada algo irregular para o Liverpool, com altos e baixos. A equipa não está igual ao ano passado nem aos anos anteriores e tem apresentado alguns problemas. Com a qualidade que o Benfica tem apresentado, penso que poderá sair com um bom resultado."

É um facto que a defensiva dos reds "não tem estado muito bem", mas todos os cuidados são poucos em jogos decisivos a este nível.

"Não estão ao nível habitual e o Benfica pode explorar algumas fragilidades, mas nunca considerar uma defesa fácil de ultrapassar. Os jogadores mais recuados do Liverpool estão juntos há muitos anos, conhecem-se bem e isso facilita-lhes o trabalho", adverte.



Fonte: Record

1 comentário:

  1. ...
    Está a decorrer uma sondagem no "Amo-te Benfica!"

    http://amt-slb.blogspot.com/

    Passem por lá. Participem. Obrigado.
    Cumprimentos gloriosos.
    ...

    ResponderEliminar